Os erros mais comuns na gestão da manutenção de frotas

Conheça Os Equívocos Comuns Na Gestão Da Manutenção De Frotas

Independentemente do segmento, empresas sempre buscam evitar despesas. Isso não é diferente quando o assunto é manutenção de frotas. Uma organização que depende da distribuição de cargas precisa de veículos funcionando corretamente, a fim de que todas as tarefas sejam executadas com a máxima eficiência. Para que isso seja possível, a gestão da manutenção de frotas torna-se indispensável. Pois, é a partir dela que são feitos o controle detalhado das despesas, o gerenciamento do estoque de peças e os ajustes nas performances dos veículos.

Embora seja uma prática adotada por muitas organizações, há quem não execute a gestão da manutenção de frotas de forma correta, gerando resultados extremamente negativos. Para evitar problemas em sua empresa, confira os erros de gestão mais comuns.

Principais erros cometidos na gestão da manutenção de frotas

erros na gestão da manutenção de frotas

Não executar a manutenção preventiva

Mesmo que pareça um procedimento básico, certas empresas não se atentam para a manutenção preventiva da frota. Checando todas as peças e o funcionamento dos veículos, são evitados muitos acidentes. Além disso, se um veículo parar de funcionar no meio do trajeto, ele comprometerá toda a logística estabelecida. Caminhos que já tinham certo tempo para serem percorridos serão feitos em tempos maiores. Concluindo: o que não se investiu em manutenção preventiva da frota agora será gasto em reparos.

Profissionais não capacitados na gestão

É importante contar com profissionais capacitados para executarem a gestão da manutenção de frotas. Os trabalhadores devem lidar não apenas com assuntos relacionados à manutenção, propriamente dita, mas também com questões estratégicas na execução das atividades. Dessa forma, os veículos que passarem pela checagem, apresentarão menos problemas futuramente.

Rota não definida corretamente

Existem diversas formas de determinar a rota a ser seguida pela frota. Com os sistemas de rastreamento da Systemsat, por exemplo, é possível estudar os melhores caminhos a serem percorridos pelos veículos.
Embora essa prática seja importante para evitar riscos de acidentes e roubos de cargas, a gestão da manutenção de frotas de algumas empresas não consegue delinear um trajeto correto a ser seguido, comprometendo a produtividade e oferecendo riscos aos motoristas.

Uso desregulado de combustível

Outro erro relacionado à gestão da manutenção de frotas diz respeito ao descontrole sobre a quantidade de combustível consumida. Se uma organização preza aumentar a produtividade e diminuir os gastos, deve buscar dados sobre o consumo de combustível e o percurso feito por cada veículo.

Tributos e taxas que não são pagos

Talvez uma das maiores responsabilidades de quem trabalha com a gestão da manutenção de frotas seja estar em dia com toda a documentação e com o pagamento de taxas. Multas, pedágios, IPVA e ICMS precisam estar regularizados para que a empresa não encontre problemas na circulação da frota. Caso haja alguma irregularidade na documentação, os veículos podem ser confiscados, comprometendo toda a logística.

Uma empresa atenta à gestão da manutenção de frotas, tende a obter resultados satisfatórios em suas atividades. Quando se trabalha para garantir que os veículos funcionem corretamente, reflexos positivos na produtividade são percebidos. Então, se você também se preocupa com o bom funcionamento dos veículos da sua empresa, entre em contato conosco e saiba como nossas opções de software de rastreamento podem favorecer a gestão da manutenção de frotas.

Links úteis:
sistema de rastreamento
sistema de rastreamento veicular 
software para central de rastreamento